A edição desta segunda-feira do Hertz Desportivo contou com a presença de três nomes históricos do União de Tomar. Como pretexto para a entrevista, o acto solidário de Manuel José (antigo treinador do Sporting e do Benfica e que recentemente esteve à frente da selecção de Angola) para com Mamud Ben Ali, limitado por problemas de visão. Saliência, ainda, para a presença em estúdio de Totoi, que tem acompanhado Ben Ali em todo este processo.

Manuel José explicou as razões que o fizeram colocar-se à disposição do amigo de longa data e não deixou de sublinhar que não desejava qualquer publicidade para este acto: «O que for necessário fazer, já expliquei isso mesmo ao médico, irá para a frente. A promessa que fiz ao Mamud é para cumprir integralmente. O que mais me custa é ver que estamos a falar de uma pessoa totalmente lúcida e que fala com a fluidez que se lhe reconhece… Criámos uma relação de simpatia que se mantém até hoje. Este é simplesmente um gesto de alguém que está melhor instalado na vida para com uma pessoa que necessita de ajuda. Por isso, reafirmo que não queria o mínimo de publicidade porque isto não é nada! É apenas um gesto de carinho, de amizade e de respeito para com um homem que tem tido uma vida atribulada». Mamud Ben Ali, visivelmente emocionado, agradeceu estas palavras de Manuel José: «Por este acto ter sido tornado público, todos ficaram a saber quem é o Manuel José… É uma pessoa espirituosa, generosa e não tem qualquer tipo de vaidade, ajudando quem necessita». Totoi também quis sublinhar este gesto de Manuel José e ainda recordou como teve início esta amizade de dezenas de anos: «Até o conheci numa altura menos boa, mais concretamente num jogo em que o defrontei e até andámos à porrada (risos)… Passados alguns tempos, o Manuel José veio para o U. Tomar e procurou-me para colocar uma pedra em cima do assunto. Assim foi. Hoje somos grandes amigos, de tal forma que, na altura, até o convidei para padrinho do meu filho. Se Deus quiser, até morrer, seremos grandes amigos».

(Rádio Hertz)