Pouco ou nada terá adiantado o encontro desta quinta-feira entre o executivo da Câmara Municipal e a direcção do U. Tomar, que estiveram reunidos com o propósito de tomar o pulso à situação financeira do clube, nomeadamente a dívida de 115 mil euros para com as Finanças.

Por aquilo que a Hertz apurou – apesar do encontro ter sido fechado à comunicação social – não se chegou a qualquer tipo de consenso nem de solução. E a prova disso é que fonte ligada ao U. Tomar, quando questionada pela Hertz sobre os resultados da reunião, salientou que «não há interesse do clube em falar do que aconteceu porque… não aconteceu nada». Ou seja, não foi apresentada qualquer proposta concreta, à excepção de um pedido de reunião às Finanças, que será endereçado pela Câmara Municipal e onde também irão marcar presença alguns responsáveis pelo clube. Mas, aqui, nada de novo, uma vez que já foram realizados outros encontros do género. O futuro continua num impasse…

(Rádio Hertz)