Abril 2011


Benf. C. Branco – U. Tomar – 6-0
Cultural Pontinha – Loures – 1-1
Sertanense – Marinhense – 2-4
Alverca – Ac. Santarém – 3-1
Folga: Odivelas

1º Alverca, 38; 2º Odivelas, 30; 3º Cultural Pontinha, 28; 4º Loures e Marinhense, 24; 6º B. C. Branco, 22; 7º Ac. Santarém, 19; 8º U. Tomar, 12; 9º Sertanense, 1

A duas jornadas do termo da prova U. Tomar (com apenas 1 jogo por disputar, dado que “folgará” na última jornada) e Sertanense estão já matematicamente despromovidos aos Distritais.

                   Jg  V  E  D    G    Pt   V  E  D   G     V  E  D   G
 1º Montijo         4  3  1  -   8- 1   7   2  -  -  6- 1   1  1  -  2- 0
 2º U. Tomar        4  1  1  2   4- 5   3   1  1  -  1- 0   -  -  2  3- 5
 3º Santa Clara     4  1  -  3   3- 9   2   1  -  1  3- 4   -  -  2  0- 5

02.06.1990 – U. Tomar – Santa Clara – 1-0
10.06.1990 – U. Tomar – Montijo – 0-0
14.06.1990 – Santa Clara – Montijo – 0-2
17.06.1990 – Santa Clara – U. Tomar – 3-2
20.06.1990 – Montijo – U. Tomar – 2-1
24.06.1990 – Montijo – Santa Clara – 4-0

O Montijo apurou-se para a Final, que venceu frente ao Lousada (1-0), sagrando-se Campeão Nacional da III Divisão.

Campo Luís de Almeida Fidalgo, no Montijo

Árbitro – Vitor Reis, de Lisboa

MONTIJO – Araújo; Rodelo, Mané, Cepinha (cap.), Sabão, Fernando Jorge (57m – Dionísio), Adérito, Luís Silva, João Manuel, Luciano e Carlinhos (70m – Carlos Agostinho)

U. TOMAR – Nelson; Vitor Martins, Hermínio (66m – Rui Plácido), Eira, Jacob, Paulo Moura, Dinis (57m – Pinto), Albertino, Luís Alves, Romero e Silva

0-1 – Vitor Romero – 13m
1-1 – João Manuel – 31m
2-1 – Luciano – 44m

Cartões vermelhos – Dionísio (76m) e Carlos Agostinho (79m)

(Imagem – “A Bola”, 21.06.1990)

(Imagem – “Gazeta dos Desportos”, 22.06.1990)

(Imagem – “Cidade de Tomar”, 22.06.1990)

Estádio Distrital de Ponta Delgada

Árbitro – Paulo Paraty, do Porto

SANTA CLARA – Albano; Paulo Alves, Freitas, Brito, Eduíno, Hermano (23m – José Manuel), Lucas, Barata, Pessanha (cap.), Fontes e Marinheiro (88m – Paulo Eduíno)

U. TOMAR – Nelson; Vitor Martins, António Pedro, Eira, Jacob, Paulo Moura (cap.), Dinis, Albertino (63m – Rui Plácido), Luís Alves (66m – Porfírio), Romero e Silva

0-1 – Vitor Romero – 6m
1-1 – Pessanha – 13m
2-1 – Marinheiro – 33m
3-1 – Fontes – 46m
3-2 – Porfírio – 86m

(Imagem – “Cidade de Tomar”, 22.06.1990)

(Imagem – “Gazeta dos Desportos”, 18.06.1990)

Estádio Municipal de Tomar

Árbitro – Pais Mendes, de Lisboa

U. TOMAR – Nelson; Vitor Martins, Filipe, Eira, Jacob, Paulo Moura (cap.) (Rui Plácido), Dinis (Bernardino), Albertino, Luís Alves, Romero e Silva

MONTIJO – Araújo; Lima, Mané, Cepinha (cap.), Sabão, Adérito (Carlos Agostinho), Ronaldo, Luís Silva, João Manuel, Luciano e Carlinhos (Fernando Jorge)

(Imagem – “Cidade de Tomar”, 15.06.1990)

(Imagem – “Gazeta dos Desportos”, 11.06.1990)

Estádio Municipal de Tomar

Árbitro – Castela Ferreira, de Leiria

U. TOMAR – Nelson; Vitor Martins, Eira, Jacob e Hermínio; Paulo Moura (cap.) (Rui Plácido), Albertino e Silva; Dinis, Luís Alves (António Pedro) e Romero

SANTA CLARA – Albano; José João, Freitas, José Manuel e Eduíno; Moisés, Armando (Rebelo), Brito, Pessanha (Fontes) e Lucas; Paulo Eduíno

1-0 – Vitor Romero – 20m

(Imagem – “Cidade de Tomar”, 08.06.1990)

Estádio Municipal de Tomar

Árbitro – José Miranda, de Portalegre

U. TOMAR – Nelson (Jorge); Vitor Martins, Filipe, Eira, Jacob, Paulo Moura (cap.), Bernardino (Rui Plácido), Albertino, Luís Alves, Vitor Romero e Silva

MARRAZES – João; Pascoal, Manuel Rui, Leal, Zé Carlos (Pedro), Paulo Jorge, Gonçalo (Reis), Frederico, Adelino, Paulo Silva e Oliveira

1-0 – Vitor Martins – 20m
1-1 – Adelino – 31m
2-1 – Vitor Romero –
3-1 – Silva –

NotaTodos os diversos jornais nacionais que tive oportunidade de consultar (nomeadamente: A Bola, Record, Público, Diário Popular e Diário de Lisboa) indicam o marcador de 2-1 como resultado deste jogo, que é também o resultado considerado para efeitos das respectivas classificações que apresentam. Não obstante, dado que, quer a crónica do jornal “Cidade de Tomar”, como do jornal “O Templário”, indicam um resultado de 3-1, foi este o que considerei, tendo ajustado a classificação em conformidade (mais 1 golo marcado para o U. Tomar; mais 1 golo sofrido para o Marrazes). Posteriormente, foi este resultado de 3-1 confirmado com base nos registos da Federação Portuguesa de Futebol.

(Imagem – “Cidade de Tomar”, 25.05.1990)

(Imagem – “O Templário”, 25.05.1990)

Página seguinte »