Apenas para precisar as declarações de Eusébio, a quem – 34 anos decorridos – a memória terá atraiçoado, e de acordo com os dados de que disponho:

1. Fez a sua estreia pelo U. Tomar, num jogo particular frente ao Estoril, a 01.12.1977, com empate 1-1;

2. Estreou-se pelo U. Tomar no campeonato, a 11.12.1977 (11ª jornada), em Leiria, frente à U. Leiria, com derrota por 0-1;

3. Jogou, a 18.12.1977 (12ª jornada), tendo-se lesionado, acabando por ser substituído por Bravo – vitória sobre o Beira-Mar (líder da prova) por 3-1;

4. Jogou, a 15.01.1978 (13ª jornada), na Covilhã (sendo também substituído, por problemas físicos, aos 61 minutos, novamente por Bravo) – empate a zero;

5. Jogou (os 90 minutos), a 22.01.1978 (14ª jornada), frente ao Peniche, tendo sido o autor do golo da vitória do União (1-0);

6. Jogou (também os 90 minutos), a 29.01.1978 (15ª jornada), em Santarém, frente ao U. Santarém, tendo o União de Tomar perdido por 1-3;

7. Jogou, a 05.02.1978, em jogo particular, frente ao Académico (derrota do U. Tomar por 0-6) – tendo sido substituído (aos 62m), uma vez mais, por Bravo;

8. Jogou (igualmente os 90 minutos), a 12.02.1978 (16ª jornada), em Tomar, frente ao Cartaxo, com vitória tomarense por 2-0, sendo ambos os golos da autoria de Eusébio, na transformação de livres directos;

9. Jogou (os 90 minutos), a 26.02.1978 (18ª jornada), em Tomar, frente ao Portalegrense, com vitória do União, por 2-1;

10. Jogou, a 12.03.1978 (19ª jornada), em Marrazes, com empate a zero, sendo, novamente, substituído por Bravo (aos 65 minutos).

11. Jogou ainda, a 30.04.1978 (24ª jornada), com o Ac. Viseu, também com empate a zero, num jogo que opunha os então 2º e 3º classificados.

12. Jogou também, pela última vez, a 06.05.1978 (25ª jornada), em Portalegre, frente ao E. Portalegre, com derrota por 0-2.

O contrato foi assinado em 17 de Novembro de 1977, sendo previsto vigorar por cerca de 5 meses, até final de Abril de 1978, altura em que Eusébio teria de retornar aos EUA, para cumprir o compromisso que tinha também já entretanto previamente assumido.

Portanto, no total, foram 12 os jogos disputados por Eusébio ao serviço do U. Tomar, 10 deles oficiais, para o Campeonato da II Divisão, nos quais marcou 3 golos – tendo assim encerrado a sua carreira como jogador em Portugal.

Nesta época de 1977/78, o União conseguiria a sua melhor classificação de sempre – à excepção das épocas em que conseguiu a promoção à I Divisão (67/68, 70/71 e 73/74) – o 4º lugar, apenas superado na classificação por Beira-Mar (promovido à I Divisão), Ac. Viseu (que, tendo disputado a liguilla, acabaria por subir também à I Divisão) e Portalegrense (tendo curiosamente vencido os jogos em casa com Beira-Mar e Portalegrense e empatado ambas as partidas com o Ac. Viseu).

Quando Eusébio deixou a equipa, a 5 jornadas do fim da prova, o União, ocupando já então a 4ª posição, ficou (depois de perder em Portalegre) a 6 pontos do 2º lugar… a tal posição que teria dado acesso à liguilla!

Anúncios