Em pé: Bastos Nunes, Zézé, Petchas, Mário Consciência, Cabrita, Lino, Maçarico e Dui.

Em baixo: Araújo, Braz, Morado, Totói e Santos.

Aproveitando o interregno dos Campeonatos Nacionais das I e II Divisões, o União de Tomar defrontou o Lusitano de Évora, tendo vencido por 2-0 , com golos de Totói aos 44’ e 75’.

União de Tomar: Bastos Nunes (Fernando), Cabrita (Petchas), Maçarico e M. Consciência (Zézé), Lino e Dui, Araújo, Braz, Morado, Santos e Totói.

Lusitano de Évora: Vital, Teotónio, Vasco e Cordeiro, Falé e Paixão, Louro, Simões, Córó, Mitó e José Pedro.

«No jogo de retribuição a União voltou a vencer, e pelo mesmo resultado, com golos de Dui 35’ e Morado 50’. Como curiosidade citamos os títulos de dois dos principais jornais desportivos da época: “Ontem em Évora a Agonia de uma Equipa” e “Batida sem apelo a equipa da Iª Divisão”.»

(foto gentilmente cedida por Bastos Nunes, enviada por Hélder Soares)

Anúncios