União Operária de Alcanena – Sp. Tomar – 3-2
G. D. Matrena – U. Tomar – 2-0

(jogos disputados no campo do U. Entroncamento)

As equipas do G. D. Matrena e União Operária de Alcanena ficaram apuradas para a Final da Zona Norte do Campeonato Distrital, tendo a equipa tomarense vencido esta jogo (também disputado no Entroncamento), apurando-se para a Final do Campeonato Distrital.

Na Final, disputada apenas em Abril de 1938, o G. D. Matrena, vencendo a Ac. Santarém (também no Entroncamento), sagrar-se-ia – no seu ano de estreia – Campeão Distrital!

Foi, assim, a primeira equipa tomarense a conquistar este título, e apenas o segundo clube fora da cidade de Santarém a alcançar tal proeza, após o triunfo do Torres Novas na época 1928-29.

A equipa campeã alinhou da seguinte forma, no jogo da Final: Lopes, Carneiro e Tomaz; José Carlos, Durão e Ferreira; Reis, Miguel, Vasco, Guilherme e J. Oliveira. Treinador: Vasco Jacob.

De recordar que, na “fase regular” do Campeonato, o U. Tomar vencera em casa por 2-1, e, em Santa Cita, por 5-0! (vindo a perder depois o jogo de desempate, para apuramento do vencedor da Zona Norte…).