Série 1

Marinhais – Porto Alto – 0-0
Goleganense – Tramagal – 1-3

1º Porto Alto e Marinhais, 7; 3º Tramagal, 3; 4º Goleganense, 0

Série 2

At. Pernes – Aldeiense – 2-2
Entroncamento AC – Pego – 8-0

1º Entroncamento AC, 9; 2º Aldeiense, 4; 3º Pego, 3, 4º At. Pernes, 1

Série 3

Águias Alpiarça – Caxarias – 6-1
Riachense – Espinheirense – 0-6

1º Espinheirense, 7; 2º Riachense, 6; 3º Águias Alpiarça, 4; 4º Caxarias, 0

Série 4

Vilarense – Paço dos Negros – 3-4
Fátima – Ortiga – 9-0

1º Fátima, 9; 2º Paço dos Negros, Vilarense e Ortiga, 3

Série 5

U. Atalaiense – Alferrarede – 3-0
Rebocho – Forense – 2-2

1º Forense, 7; 2º U. Atalaiense, 6; 3º Alferrarede, 3; 4º Rebocho, 1

Série 6

Vasco da Gama – Benfica Ribatejo – 4-0
Folga: Moçarriense

1º Moçarriense, 6; 2º Vasco da Gama, 3; 3º Benfica Ribatejo, 0

Garantiram o apuramento para a fase seguinte da prova os seis vencedores de série e os quatro melhores de entre os 2.º classificados: Porto Alto, Marinhais, Entroncamento AC, Espinheirense, Fátima, Paço dos Negros, Forense, U. Atalaiense, Moçarriense e Vasco da Gama.

Anota-se que, para efeitos de ordenamento dos 2.º classificados, foram desconsiderados os resultados dos jogos que disputaram com o 4.º classificado de cada uma das séries com quatro clubes. Em função de tal critério ficaram, pois, eliminados o Aldeiense e o Riachense (que registam pior diferença de golos face aos outros 2.º classificados em igualdade pontual, casos do Paço dos Negros, U. Atalaiense e Vasco da Gama).