Taça Ribatejo


O pulsar do campeonato - 2019-20 - TRibatejo-Pre-eliminatoria

(“O Templário”, 02.01.2020)

Prevaleceu a “lei do mais forte”, com as equipas da I Divisão a superiorizarem-se em todos os cinco confrontos ante clubes do escalão secundário; o mesmo sucedeu nos embates entre formações primodivisionárias, com as mais bem posicionadas no campeonato, de entre cada um desses quatro pares, a avançar também para os 1/8 de final da Taça do Ribatejo, assinalando-se mesmo uma goleada, no “derby” do município de Santarém.

Destaques – Na partida de maior cartel desta eliminatória preliminar, entre Cartaxo e Coruchense, o nulo subsistiu até final do tempo regulamentar, com os homens do Sorraia a serem mais eficazes no desempate da marca de grande penalidade, marcando assim encontro com o U. Tomar na próxima ronda da competição.

O Amiense impôs uma goleada por 5-0 na deslocação à Moçarria, agravando ainda mais a crise de resultados do Moçarriense, que foi derrotado em oito dos nove últimos desafios que disputou.

A maior goleada desta eliminatória registou-se em Mação, com os maçaenses a vencer o Porto Alto (que ocupa posição a meio da tabela classificativa da Série B da II Divisão Distrital) por concludente marca de 7-0.

Num encontro tranquilo, também o U. Tomar venceu por números categóricos frente ao Marinhais, actual vice-líder daquela mesma série do escalão secundário. Tendo inaugurado o marcador logo de entrada, os tomarenses mantiveram, durante o primeiro tempo, uma toada moderada, não se tendo o resultado alterado até ao descanso. Na segunda metade, os unionistas chegaram, com alguma naturalidade, ao 3-0, vindo ainda a fixar o marcador em 4-1, depois de os visitantes terem, entretanto, obtido o seu “ponto de honra”, já na fase derradeira do jogo.

O melhor desempenho relativo de entre os grupos da divisão secundária foi o do Benavente, que, actuando igualmente em terreno alheio, discutiu, durante larga fase do prélio, o desfecho da eliminatória com o favorito Torres Novas, vindo a ceder por tangencial 4-3, com os torrejanos a acabar por levar a melhor, depois de terem passado por alguns sustos.

Anota-se ainda, como excepção à regra, num desafio entre equipas da II Divisão, o apuramento do Goleganense – único conjunto do escalão secundário a conseguir a qualificação dentro de campo –, também por via de desempate da marca de grande penalidade, após uma igualdade a dois golos, ante a teoricamente mais cotada equipa do Entroncamento.

Confirmações – O Abrantes e Benfica ganhou por 3-0 na Atalaia, ante a U. Atalaiense, tal como o Fazendense se impôs, pese embora por tangencial 1-0, no terreno do Espinheirense, confirmando assim o respectivo estatuto de clubes do principal escalão.

Em Rio Maior, os locais, recebendo o Riachense, venceram por 3-1, impondo assim a nona derrota consecutiva à turma dos Riachos.

Também o Samora Correia havia vencido, já no fim-de-semana anterior, o Ferreira do Zêzere, por 2-0, fazendo valer o factor casa.

Coruchense, Amiense, Mação, U. Tomar, Torres Novas, Goleganense, Abrantes e Benfica, Fazendense, Rio Maior e Samora Correia juntam-se assim a Alcanenense, Glória do Ribatejo, Ortiga, Pego, Pontével e U. Almeirim – os quais, por sorteio, haviam ficado isentos desta eliminatória prévia – como 16 clubes qualificados para os 1/8 de final (doze da I Divisão, resistindo apenas quatro agremiações do escalão secundário).

Campeonato de Portugal – Após o empate (3-3) do Fátima na Praia da Vitória, ante o Fontinhas e a derrota (0-3) sofrida pelo U. Santarém em Oliveira do Hospital frente a um rival directo na luta pela manutenção – em partidas disputadas já no fim-de-semana anterior ao Natal, tendo a prova sofrido um interregno no passado Domingo – os fatimenses mantêm a 2.ª posição na Série C do Campeonato de Portugal, tendo, por seu lado, os escalabitanos caído abaixo da “linha de água”, ocupando agora o 15.º posto, um ponto atrás do Condeixa (13.º) e Águeda (14.º).

Antevisão – A encerrar a primeira volta do campeonato Distrital da I Divisão, destaca-se, pelo seu simbolismo, o clássico de maior historial do futebol distrital, com U. Tomar e Torres Novas a encontrarem-se pela 93.ª vez em jogos oficiais (a contar para campeonatos nacionais e distritais e Taça de Portugal e do Ribatejo), com o favoritismo a pender para os unionistas.

Outros “jogos grandes” da jornada serão o Samora Correia-Coruchense, Mação-Cartaxo e Fazendense-Abrantes e Benfica, todos eles de prognóstico indefinido.

Quanto ao líder, U. Almeirim, viaja até à Glória do Ribatejo, na perspectiva de manter a sua campanha 100% vitoriosa, para o que terá de contar com a réplica dos donos da casa. Assinala-se ainda a curiosidade do reencontro, em duas semanas sucessivas, de Rio Maior e Riachense.

Na II Divisão, também a fechar a primeira metade desta fase regular da prova, os líderes de ambas as séries (Alcanenense e Pontével) estarão de folga, do que procurarão beneficiar Tramagal (em Tomar, perante a equipa “B” do União) e Marinhais (também com saída difícil, para defrontar o Espinheirense) para encurtar distâncias. Também o Forense-Benavente suscita atenções.

No Campeonato de Portugal, o Fátima enfrenta teste de elevado grau de dificuldade, no terreno do U. Leiria, enquanto o U. Santarém, recebendo o Anadia (actual 6.º classificado) terá também de dar o seu melhor para procurar aumentar a pontuação.

(Artigo publicado no jornal “O Templário”, de 2 de Janeiro de 2020)

U. TOMAR – Francisco Ferreira, David Vieira (69m – Bruno Monteiro), Filipe Cotovio, Nuno Rodrigues (c.), Bruno Araújo (77m – Miguel Abreu), Leandro Filipe, Kiko, Luís Alves, Pedro Pires (69m – Rafael Leite), Wemerson Silva e Chrystian Pedroso (45m – Rafael Faustino)

(suplentes – Nuno Ribeiro, João Camponez e André Lopes)

MarinhaisMARINHAIS – Fábio Simões, Simão Sousa (77m – Vítor Hugo), Achim (c.), Rafael Carvalho, Bruno Mendes, Isas (65m – Marco Santos), João Abel, Mauro Conceição (45m – Diogo Nogueira), Duarte Bona, Bruno Duarte e Valter Xaparro (65m – Ricardo Silva)

1-0 – Wemerson Silva – 12m
2-0 – Pedro Pires – 47m
3-0 – Nuno Rodrigues – 59m
3-1 – Vítor Hugo – 85m
4-1 – Leandro Filipe – 90m

Cartões amarelos – Chrystian Pedroso (40m); Valter Xaparro (40m), Bruno Duarte (62m), Achim (75m), Diogo Nogueira (79m) e Duarte Bona (82m)

Árbitro – Hélder Carvalho

Cartaxo – Coruchense – 0-0 (1-4 g.p.)
Goleganense – Entroncamento AC – 2-2 (4-3 g.p.)
Torres Novas – Benavente – 4-3
Espinheirense – Fazendense – 0-1
U. Atalaiense – Abrantes e Benfica – 0-3
U. Tomar – Marinhais – 4-1
Samora Correia – Ferreira do Zêzere – 2-0 (21.12.2019)
Rio Maior – Riachense – 3-1
Moçarriense – Amiense – 0-5
Mação – Porto Alto – 7-0

Isentos: Alcanenense, Glória do Ribatejo, Ortiga, Pego, Pontével e U. Almeirim

Em função do sorteio previamente efectuado, é o seguinte o alinhamento dos 1/8 de final, cujos jogos estão agendados para o próximo dia 19.01.2020:

Fazendense – Abrantes e Benfica
Mação – Samora Correia
Torres Novas – Rio Maior
U. Tomar – Coruchense
Amiense – U. Almeirim
Glória do Ribatejo – Pontével
Alcanenense – Pego
Goleganense – Ortiga

Realizou-se ontem à noite o sorteio das eliminatórias da Taça do Ribatejo, que ditou os seguintes alinhamentos:

Pré-Eliminatória (29.12.2019)

Cartaxo – Coruchense
Goleganense – Entroncamento AC
Torres Novas – Benavente
Espinheirense – Fazendense
U. Atalaiense – Abrantes e Benfica
U. Tomar – Marinhais
Samora Correia – Ferreira do Zêzere
Rio Maior – Riachense
Moçarriense – Amiense
Mação – Porto Alto

Isentos: Alcanenense, Glória do Ribatejo, Ortiga, Pego, Pontével e U. Almeirim

1/8 de final (19.01.2020)

(1) Espinheirense/Fazendense – U. Atalaiense/Abrantes e Benfica
(2) Mação/Porto Alto – Samora Correia/Ferreira do Zêzere
(3) Torres Novas/Benavente – Rio Maior/Riachense
(4) U. Tomar/Marinhais – Cartaxo/Coruchense
(5) Moçarriense/Amiense – U. Almeirim
(6) Glória do Ribatejo – Pontével
(7) Alcanenense – Pego
(8) Goleganense/Entroncamento AC – Ortiga

1/4 de final (02.02.2020)

(a) Vencedor do jogo (7) – Vencedor do jogo (4)
(b) Vencedor do jogo (6) – Vencedor do jogo (1)
(c) Vencedor do jogo (2) – Vencedor do jogo (3)
(d) Vencedor do jogo (8) – Vencedor do jogo (5)

1/2 finais (23.02.2020 e 15.03.2020)

– Vencedor do jogo (b) – Vencedor do jogo (d)
– Vencedor do jogo (c) – Vencedor do jogo (a)

Assim, caso o U. Tomar consiga superar a pré-eliminatória (frente ao Marinhais) e os 1/8 de final (contra o Cartaxo ou Coruchense), defrontará de seguida, nos 1/4 de final o Alcanenense ou o Pego e, caso aplicável, nas meias-finais, uma das seguintes oito equipas: Mação/Porto Alto ou Samora Correia/Ferreira do Zêzere ou Torres Novas/Benavente ou Rio Maior/Riachense.

A Final da Taça do Ribatejo está agendada para dia 23 de Maio de 2020.

Série 1

Forense – Benavente – 3-3
U. Atalaiense – Tramagal – 2-1

1º Benavente, 7; 2º U. Atalaiense, 6; 3º Forense, 2; 4º Tramagal, 1

Série 2

Benfica Ribatejo – Goleganense – 1-4
Alferrarede – Espinheirense – 2-3

1º Goleganense, 9; 2º Espinheirense, 6; 3º Benfica Ribatejo, 3; 4º Alferrarede, 0

Série 3

Aldeiense – Caxarias – 0-3
Pontével – Alcanenense – 3-2

1º Pontével, 7; 2º Alcanenense, 6; 3º Caxarias, 4; 4º Aldeiense, 0

Série 4

Porto Alto – Rebocho – 3-0
Folga: Marinhais

1º Marinhais, 6; 2º Porto Alto, 3; 3º Rebocho, 0

Série 5

Entroncamento AC – Salvaterrense – 3-0
Folga: Ortiga

1º Ortiga, 6; 2º Entroncamento AC, 3; 3º Salvaterrense, 0

Série 1

Benavente –  U. Atalaiense – 2-1
Forense – Tramagal – 6-6

1º Benavente, 6; 2º U. Atalaiense, 3; 3º Forense e Tramagal, 1

Série 2

Goleganense – Alferrarede – 2-1
Benfica Ribatejo – Espinheirense – 0-2

1º Goleganense, 6; 2º Espinheirense e Benfica Ribatejo, 3; 4º Alferrarede, 0

Série 3

Caxarias – Pontével – 1-1
Aldeiense – Alcanenense – 1-6

1º Alcanenense, 6; 2º Pontével, 4;  3º Caxarias, 1; 4º Aldeiense, 0

Série 4

Marinhais – Porto Alto – 6-1
Folga: Rebocho

1º Marinhais, 6; 2º Porto Alto e Rebocho, 0

Série 5

Ortiga – Entroncamento AC – 1-0
Folga: Salvaterrense

1º Ortiga, 6; 2º Entroncamento AC e Salvaterrense, 0

Série 1

Tramagal – Benavente –  1-2
U. Atalaiense – Forense – 4-3

1º U. Atalaiense e Benavente, 3; 3º Forense e Tramagal, 0

Série 2

Espinheirense – Goleganense – 1-2
Alferrarede – Benfica Ribatejo – 0-1

1º Goleganense e Benfica Ribatejo, 3; 3º Espinheirense e Alferrarede, 0

Série 3

Alcanenense – Caxarias – 4-1
Pontével – Aldeiense – 4-1

1º Alcanenense e Pontével, 3;  3º Aldeiense e Caxarias, 0

Série 4

Rebocho – Marinhais – 0-10
Folga: Porto Alto

1º Marinhais, 3; 2º Porto Alto, 0; 3º Rebocho, 0

Série 5

Salvaterrense – Ortiga – 2-4
Folga: Entroncamento AC

1º Ortiga, 3; 2º Entroncamento AC, 0; 3º Salvaterrense, 0

Página seguinte »